Sábado, 15 de Junho de 2024
Educação Cartilhas

Tapajós de Fato promove ações de entrega da Cartilha Justiça Climática Pelo Bem Viver

As ações ocorreram no Quilombo de Murumuru, Santana do Tapará e Aldeia, locais onde foram produzidas as cartilhas em parceria com a população local.

07/11/2023 às 16h22 Atualizada em 08/11/2023 às 12h23
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Compartilhe:

Durante todo o mês de outubro a equipe do Tapajós de Fato promoveu a divulgação da Cartilha Justiça Climática pelo Bem Viver. Em 3 edições inéditas, as cartilhas abordam o que são as mudanças climáticas e como estão interferindo no modo de viver de comunitários das regiões próximas à cidade. Cada cartilha aborda um território distinto: Quilombo de Murumuru, Santana do Tapará e Aldeia Borari.  

É nítido que mudanças relacionadas ao meio ambiente estão cada vez mais fortes. Estiagens severas, ciclos de estações irregulares, calor intenso são alguns dos impactos que as pessoas estão observando. O termo Mudanças Climáticas vem para definir e estabelecer o que são esses fenômenos anormais. Observa-se também que essas mudanças estão mais frequentes, quase se tornando permanentes, levantando preocupação da população, assim como dos órgãos ambientais e organizações que lutam pela preservação do meio ambiente.

Uma das vertentes do Tapajós de Fato é a educação populacional. E uma forma de disseminar a temática desse problema foi a criação da cartilha informativa Justiça Climática pelo Bem viver, trazendo relatos de comunitários sobre como as mudanças no clima estão interferindo no cotidiano das comunidades, além de também mostrar um pouco sobre o que eles fazem para manter o bem estar da comunidade, o bem viver deles.

QUILOMBO DE MURUMURU

No dia 17, a nossa equipe esteve no quilombo de Murumuru, localizado na região do Planalto, no município de Santarém, no oeste do estado do Pará, tendo seu acesso por via terrestre, pela PA - 370 (Curuá-una), que dá acesso a diversas comunidades quilombolas, ou através de rabetas, pelo rio Maicá.

Entrega das cartilhas para crianças do quilombo de Murumuru  

Foto: Tapajós de Fato.

Durante a tarde, foi realizada uma atividade de entrega da cartilha, com teatro de fantoches, gincanas e perguntas relacionadas ao tema das mudanças climáticas e justiça climática, além da distribuição para os alunos e servidores do colégio onde foi realizada a ação. A cartilha também ficou disponível para os moradores do quilombo.

COMUNIDADE SANTANA DO TAPARÁ

No dia 19 de outubro, a ação ocorreu no território de Santana do Tapará, localizado a aproximadamente 2 horas de barco do município de Santarém. A ação ocorreu pela manhã e pela tarde também. Houve teatro de fantoches, momento de perguntas e respostas e também sessão de pintura com os alunos da escola. A cartilha Justiça Climática pelo Bem Viver Território de Santana do Tapará ficou disponibilizada na secretaria para distribuição aos comunitários.

Ação de entrega da Cartilha no território de Santana do Tapará

Foto: Tapajós de Fato

TERRITÓRIO BORARI

A entrega da cartilha no território Borari foi feita em parceria com a Escola Borari. No dia 31 de outubro, durante a feira do conhecimento da escola, a equipe do Tapajós de Fato realizou a distribuição da cartilha durante o evento, assim como montou um estande para explicação do tema da cartilha. 

Entrega das cartilhas para os alunos da Escola Borari, em Alter do Chão 

Foto: Tapajós de Fato

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.