Sexta, 19 de Julho de 2024
Território Absurdo

Prefeitura do município de Belterra derrubou 28 árvores na área da Vila Americana para construir uma praça no local

@tapajosdefato

12/06/2024 às 14h18
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Compartilhe:
Prefeitura do município de Belterra derrubou 28 árvores na área da Vila Americana para construir uma praça no local

Na última terça-feira (11), circulou um vídeo nas redes sociais de uma denúncia da destruição da área verde de um terreno na região da Vila Americana, na cidade de Beltrerra, Oeste do Pará. 

Dentre as espécies e quantidade de árvores derrubadas estão: 10 mognos (plantados), 2 goiabeiras, 2 cajueiros, 1 abacateiro, 1 pé de teca, 10 pés de cumaru e 2 pés de mogno africano. Segundo informações repassadas para o TdF, os pés de cumaru tinham cerca de um ano e dois meses. 

É ilógico pensar em aumentar espaços de lazer para a população retirando as sombras naturais das árvores que aliviam o calor e ainda produzem frutos que podem ser consumidos pela população. A ação de derrubada das árvores faz levantar o questionamento: que tipo de planejamento urbano é esse que não insere as árvores no projeto? 

Belterra é um munício que já não tem tantas árvores devido ao aumento dos campos de plantações do agronegócio e, agora, o próprio poder público derruba árvores da área urbana, inclusive as que foram plantadas no local. A movimentação deveria ser na preservação e não na destruição das árvores. 

Siga a gente nas redes sociais: @tapajosdefato

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.