Segunda, 21 de Junho de 2021 03:38
093991489267
Saúde Saúde Públcia

Jovem enfermeira que empurrou maca com uma paciente de Covid-19, na Transamazônica, relata o ocorrido

O caso aconteceu na última semana, e viralizou nas redes sociais.

15/02/2021 11h12 Atualizada há 4 meses
Por: Tapajós de Fato
Jovem enfermeira que empurrou maca com uma paciente de Covid-19, na Transamazônica, relata o ocorrido

Rebeka Fonseca, de 24 anos, é a protagonista da história da vida real de um vídeo que viralizou na internet na última semana. Formada em Enfermagem há pouco mais de um ano, a jovem relatou através de depoimento, o que sentiu, e lhe fez tomar a decisão de seguir a pé, empurrando a maca com a paciente.

O vídeo foi divulgado na última sexta-feira (12), e gerou grande comoção e revolta nas redes sociais.

 

 

Confira:

 

 

Isso ocorreu porque a ambulância ficou parada em um bloqueio feito por dois caminhoneiros, que protestavam contra os riscos de acidentes na via.

Sem conseguir negociar com os trabalhadores, a enfermeira furou o bloqueio a pé até conseguir outra ambulância para levar o paciente até Hospital Regional do Tapajós. O trecho que a profissional de saúde empurrou a maca a pé fica no km 30 da Transamazônica, em Itaituba, oeste do Pará.

A enfermeira e o motorista da ambulância tiveram de andar cerca de 2 km pela estrada.

Wadson conta que quando saíram empurrando a maca, uma criança viu o esforço e foi entregar uma carta, assinada por Yasmin e Sabrina, que dizia:

"Parabéns pela atitude carinhosa e corajosa que vocês tiveram por uma pessoa que não conheciam. O mundo precisa de mais pessoas assim. Obrigado! Que deus o abençoe."

No vídeo em que relata o ocorrido, Rebeka destaca que este gesto foi fundamental para que ela e o motorista continuassem a seguir com o translado a pé.

Confira o vídeo com o depoimento de Rebeka, na íntegra.

 

Acesse as redes sociais do Tapajós de Fato: Facebook, Instagram e Twitter.

 

Acesse ainda o Podcast Tapajós de Fato.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.