Segunda, 21 de Junho de 2021 03:18
093991489267
Geral Geral

Pastoral da juventude lança nota de repúdio contra ataques no PAE Lago Grande

Os ataques estão sendo feitos por pessoas que apoiam grandes projetos na região.

16/04/2021 08h00 Atualizada há 2 meses
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Pastoral da juventude lança nota de repúdio contra ataques no PAE Lago Grande

O PAE Lago Grande é uma rica região onde moram milhares de pessoas em 144 comunidades. Por ser uma região farta de recursos naturais, o Lago Grande consegue suprir todos os povos que lá habitam, seus moradores vivem da terra e se sustentam com atividades como o extrativismo animal e vegetal. Este território é abundante também em minérios, e essa abundância tem chamado a atenção de muitas empresas que têm o objetivo de explorar o local em busca desta matéria-prima, porém, essa exploração tem causado muitos prejuízos a natureza em muitos outro territórios, e com certeza trará a destruição do PAE Lago Grande caso essas empresas cheguem de fato.

A fim de ajudar a população de maneira geral e também na defesa do território, a Pastoral da Juventude do PAE Lago grande tem se mobilizado em favor da vida e da natureza contra esses grandes projetos que estão tentando entrar na comunidade para roubar o território que pertence a todos que lá vivem, além de se mobilizarem com projetos sociais que tem beneficiado muitos que moram na região. Porém, essas ações não estão sendo bem vistas por quem é a favor desse falso progresso e apoia a destruição desta terra tão sagrada. E com o objetivo de desmoralizar alguns membros da Pastoral da Juventude, algumas pessoas que pertencem e/ou apoiam essas empresas têm espalhado mentiras e feito ameaças a esses membros da PJ.

Se mostrando contra qualquer atitude de violência, ameaça ou censura, a Pastoral da Juventude publicou uma carta de repúdio contra esses atos de lamentáveis que vem de pessoas que disseminam o ódio e que não pensam nas consequências que suas ações trarão. Além da nota de repúdio, a Pastoral está disposta também a tomar providências de âmbito judicial contra os responsáveis.

Incluso nesse grupo de responsáveis por esses atos estão pessoas que por meio de ameaças estão tentando manipular os moradores do Lago Grande a se desfazer do assentamento e vender suas terras para grandes empresas. E vendo a Pastoral da juventude como um impecílio, eles estão atacando os líderes chamando-os de esquerdistas e comunistas de forma pejorativa e acusando-os de usar as reuniões da igreja para “fazer a cabeça” das pessoas a fim de controlarem a região. Além desses atos antiéticos, essas pessoas tem também espalhados vídeos e imagens em seus grupos de redes sociais de pessoas que são da Pastoral da Juventude com o objetivo de desmoralizar, caluniar e difamar. Atos como esses são criminosos e têm penalidades para os autores segundo a lei.

 

Pastoral da Juventude

 

A Pastoral da Juventude (PJ), é um organismo de ação social católica da América Latina. No Brasil a PJ constitui-se por jovens brasileiros e estrangeiros ligados à Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e aos movimentos sociais, e está em ação em diversos países, as atividades são coordenadas por coordenadores e assessores leigos(as) e religiosos(as) que se despontam como militantes.

 

Acesse as redes sociais do Tapajós de Fato: Facebook, Instagram e Twitter.

 

Acesse também ao Podcast Tapajós de Fato.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.