Segunda, 21 de Junho de 2021 04:08
093991489267
Amazônia Meio ambiente

05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente; O que comemorar?

“A proteção e o melhoramento do meio ambiente humano é uma questão fundamental que afeta o bem-estar dos povos e o desenvolvimento econômico do mundo inteiro, um desejo urgente dos povos de todo o mundo e um dever de todos os governos.”

05/06/2021 19h43
Por: Tapajós de Fato
05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente; O que comemorar?

Há 49 anos é celebrado no dia 05 de junho o Dia Mundial do Meio Ambiente, a data foi instituída pela ONU para coincidir com a Primeira Conferência Mundial sobre o Meio Ambiente, realizada em Estocolmo, na Suíça. A data busca chamar a atenção de todas as pessoas para os problemas ambientais e para a preservação dos recursos naturais.

A partir da Conferência de Estocolmo do ano de 197, novas visões sobre as questões ambientais de todo o mundo começaram a surgir. Nela também foram estabelecidos princípios para orientar a política ambiental global.

As preocupações climáticas que motivaram a realização da Conferência de Estocolmo, ainda no século XX, continuam sendo motivo de preocupação até os dias atuais, acrescidas de novas emergências climáticas, também. O que mostra que a importância de tratar as questões climáticas com mais responsabilidade por todas as nações.

Durante as últimas décadas, com o avanço da tecnologia, o mundo vem passando por grandes mudanças, e essas mudanças têm causado grandes impactos negativos no Meio Ambiente. O crescimento industrial, o agronegócio, o crescente aumento de veículos nas ruas, o desmatamento e as queimadas, são alguns dos principais   problemas que assolam a saúde do planeta Terra, comprometendo o efeito estufa. Isso junto ao descarte inadequado de lixo e ao mau desempenho dos serviços de coleta seletiva, poucos incentivos à reciclagem e os recursos naturais sendo utilizados de formas irresponsáveis, são fatores que contribuem para que, a cada dia, uma parte do Meio Ambiente morra.

No Brasil, as causas de degradação ambiental não fogem do que se vê mundo a fora. Por ser um país industrial e também grande referência no agronegócio, grandes áreas são utilizadas para o plantio de grãos e para pastagem de animais, algo que causa grandes impactos negativos ao Meio Ambiente.

E quando falamos  em  Amazônia, medidas urgentes precisam ser tomadas para salvar este bioma. O desmatamento acelerado da terra por conta do avanço da soja na região, bem como criação de animais, garimpo e extração de madeira estão destruindo a floresta que impulsiona a vida por todo o mundo.

Assinado por 195 países,  o Acordo  de Paris é um tratado  das Nações Unidas, foi adotado durante a Conferência das Partes - COP20, em Paris, no ano de 2015,  com  medidas para diminuir as emissões dos gases do efeito estufa. A meta do acordo é manter o aumento da temperatura do planeta em 2°C.

Dentre os objetivos do acordo estão: “ajudar países menos desenvolvidos a reduzirem a vulnerabilidade em relação a eventos climáticos extremos; estimular o suporte financeiro e tecnológico de países desenvolvidos para ajudar países menos desenvolvidos a cumprirem as metas para 2020”. O Brasil foi um dos países que assinaram o Tratado,  e se comprometeu em diminuir as emissões de  gases do efeito estufa  em 37% até 2025(comparado aos níveis emitidos em 2005) e ainda estendeu a meta para  43% até o ano de 2030.

Além dos compromissos   internacionais é preciso que cada um faça sua parte para fortalecer o cuidado com o Meio Ambiente. Não se trata apenas de plantar uma árvore no Dia Mundial do Meio Ambiente, mas sim cuidar de todas as árvores. Optar por consumir alimentos sem adição de agrotóxicos, produtos com selo sustentável não deve ser opção, mas sim, compromisso com o planeta. Economizar água, energia, diminuir o consumo de plásticos e evitar produzir lixo também são ações de amor e cuidado pelo Meio Ambienete.

“A proteção e o melhoramento do meio ambiente humano é uma questão fundamental que afeta o bem-estar dos povos e o desenvolvimento econômico do mundo inteiro, um desejo urgente dos povos de todo o mundo e um dever de todos os governos.” - Declaração de Estocolmo sobre o ambiente humano - 1972

 Acesse as redes sociais do Tapajós de Fato: FacebookInstagram e Twitter.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.