Segunda, 26 de Julho de 2021 15:52
093991489267
Notícias Notícias

Construção de muro no Mercadão 2000 divide opiniões; Saiba mais

Na madrugada de domingo, parte do muro que já havia sido construída foi derrubada

07/07/2021 10h45 Atualizada há 3 semanas
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Construção de muro no Mercadão 2000 divide opiniões; Saiba mais

 

 

Após constantes furtos de mercadorias dos feirantes do Mercadão 2000, a presidência da Aprusan (Associação dos Produtores Rurais de Santarém), que é a associação que utiliza e faz a gestão da área coberta da feira, fez um projeto para a construção de um muro para garantir a segurança das mercadorias dos associados.

A construção desse muro está dividindo opiniões de quem trabalha no local, segundo alguns vendedores, fechar os lados da feira com um muro que deverá ter 1 metro levantado com tijolos e mais 2 metros com alambrados, pode resultar em perdas de vendas, uma vez que o acesso será feito apenas por nove portões ao redor da feira.

Antes, a área da feira que é utilizada pela Aprusan tinha apenas um vigia, alguns feirantes dizem que não é necessário ser construído um muro em torno da feira, se for colocado mais vigias para fazer a segurança no turno da noite o problema já vai ser amenizado. Além de prejudicar os associados que expõem suas produções na área coberta da feira, o muro prejudicará as vendas de quem trabalha nos pontos no lado de fora, que também pagam taxas para terem direito de trabalhar no local.

 A SEMAP informou em nota que foi comunicada da obra, e que segundo o projeto que foi apresentado, todos os requisitos de acesso e acessibilidade constam no projeto, e por isso a obra foi aprovada.

A construção do muro iniciou no final desta semana, mas na madrugada do último domingo a parte que havia sido levantada com tijolos foi derrubada por vândalos. A Aprusan registrou o Boletim de Ocorrência e a polícia fará as investigações para chegar até as pessoas que cometeram o ato.

A Aprusan, através de um termo de concessão, tem garantido o uso gratuito da área por quinze anos, e todas as decisões de como o espaço será utilizado e as ações de melhorias cabem decisão à Associação do Produtores Rurais de Santarém.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.