Sábado, 16 de Outubro de 2021 08:09
093991489267
Notícias Notícias

Assembleia da Feagle define nova diretoria da organização, que deverá atuar pelos próximos 4 anos

Evento ocorreu na sede da Feagle, na comunidade de Murui, no PAE Lago Grande.

11/10/2021 18h44
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Assembleia da Feagle define nova diretoria da organização, que deverá atuar pelos próximos 4 anos

 

 

Aconteceu no último sábado (09), a assembleia da Federação das Associações de Moradores e Comunidades do Assentamento Agroextrativista da Gleba Lago Grande (Feagle). No evento, estavam presentes os delegados das associações representantes dos moradores e representantes das associações parceiras da Federação, entre as quais estão o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Santarém (STTR), a Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional (FASE), a Cooperativa de Turismo e Artesanato da Floresta (TURIARTE), o Grupo Mãe Terra, e o Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM). 

 

Na assembleia, foi feita a leitura do regimento eleitoral e, em seguida, a apresentação da chapa inscrita para concorrer à diretoria da Feagle, que atuará pelos próximos 4 anos. A eleição foi histórica, pois a chapa trouxe na presidência e na vice-presidência duas mulheres, além de contar com 7 jovens dentre seus 16 membros. 

 

Membros da chapa

 

Apenas uma chapa se inscreveu para concorrer à diretoria da Feagle. Esta chapa é composta por um número significativo de mulheres e de jovens, todos nascidos e residentes na região do PAE Lago Grande. A presidência é ocupada por Rosenilce Vitor, da comunidade Maranhão e a vice-presidência, por Maria Selma Martins, da comunidade Atodi.

 

A primeira e a segunda secretarias contam com Ricardo Aires, de Membeca e Darlon Neres, da Cabeceira do Marco. As tesourarias são ocupadas por Edilena Cristina de Oliveira, da comunidade São Francisco e Maria Odenilze Miranda, da comunidade Piauí.

 

Na direção de relações públicas, trabalha agora o ex-presidente da Federação, Antônio Andrade, conhecido como Gavião, que é da comunidade Bom Futuro. Os suplentes de diretoria são Valdinho Nogueira, de Bom Jardim, Adriana Andrade, de São José e Francisco Filho, de Nova Sociedade.

 

O conselho fiscal tem como titulares Messias Dias, do Murui, Maria da Conceição Sousa, de Vila Amazonas e Marlene da Silva, da Cabeceira do Ouro. Os suplentes são Janete Branco, Terra Preta dos Vianas, Maria Margarete Soares, Igapó-Açu / Marlon Gama, Vila Brasil.

 

Expectativas para a nova direção

 

A presidenta eleita para a nova direção da Feagle, Rosenilce Vitor, falou ao Tapajós de Fato sobre o sentimento de ser a primeira mulher a comandar a Federação, ao lado de uma vice, também mulher: “é uma felicidade ser a primeira mulher hoje, presidente, né, com uma vice mulher, também, até porque a gente já desde algum tempo vem participando de encontros... nessa perspectiva de fortalecer as mulheres, empoderar as mulheres... a gente tá realmente cumprindo nossos planos de que a mulher também tem que ter poder de dominação, poder de conduzir, tem direito também, igual homem”.  

 

Segundo Rosenilce, os principais planos da nova diretoria para o PAE Lago Grande são: lutar pela defesa do território; continuar o fortalecimento da juventude; fortalecer os grupos de mulheres nas comunidades, a agricultura familiar, a produção familiar de modelo agroecológico e as associações comunitárias; garantir o mercado dessa produção; levar a mecanização das áreas para os produtores; organizar os grupos das comunidades para dar visibilidade a elas.

 

A conselheira fiscal Marlene da Silva, que é suplente da coordenação do Grupo Mãe Terra, parceiro da Federação, também concedeu entrevista ao Tapajós de Fato: “minha visão hoje foi assim, que nós possamos, como Federação... manter essa parceria né, que essa nova chapa que ganhou a eleição hoje possa trabalhar fortalecendo as comunidades, associações, buscando projetos, também apoiando as comunidades que fazem parte”. 

 

Sara Pereira, educadora popular da FASE, que é uma das organizações parceiras da Feagle, também falou sobre a assembleia: “esse é um momento muito importante, porque se renova a diretoria da Feagle... porque tem um número importante de jovens participando, né, que tem uma renovação aí geracional, então esse encontro das lideranças mais velhas com a energia da juventude é um elemento fundamental pro fortalecimento das lutas. A FASE contribui com esse processo na medida que realiza os programas de formação com a juventude, no tema dos direitos socioterritoriais, ambientais, organização política, então a juventude que participou desse programa de formação, agora está compondo a diretoria, então isso para nós é bem significativo”.

 

Ivete Bastos, presidenta do STTR de Santarém e que trabalhou para a constituição da Feagle, também falou sobre a eleição: “fico feliz de ver hoje uma nova diretoria, com, pela primeira vez, uma mulher na direção... também a juventude... então eu estou muito feliz de estar participando, estar vendo pessoas comprometidas, que assumem a partir de hoje... essa felicidade é porque vai continuar em boas mãos, boa direção, tem boas lideranças”. 

 

 

Acesse as redes sociais do Tapajós de Fato: FacebookInstagram e Twitter.

 Acesse ainda o Podcast Tapajós de Fato

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.