Sábado, 16 de Outubro de 2021 08:00
093991489267
Notícias Inclusão

Projeto Moda Marajoara realizou desfile de peças adaptadas para pessoas com deficiência

Evento foi realizado na área de lazer do Hotel Marajó, no dia 02 de outubro.

14/10/2021 15h44
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Projeto Moda Marajoara realizou desfile de peças adaptadas para pessoas com deficiência

O projeto Moda Marajoara, idealizado no ano de 2015, trouxe uma nova versão, apresentada em desfile no dia 02 de outubro, com a proposta social de homenagear a única Associação de Pais e Amigos da Pessoa com Deficiência do município de Soure (APADS), na ilha de Marajó. Para essa coleção, foram feitas parcerias de sucesso, com destaque para a designer de moda Sarah Magno, que desenhou todas as peças. 

 

A coordenação geral e a produção cultural ficaram sob a responsabilidade de Andrea Scafi, que também falou sobre o evento: “foi um sonho onde nós podemos ter novos horizontes através do resgate cultural, ancestral marajoara... eu acredito que o Moda Marajoara versão 2021, apoiado pela lei Aldir Blanc... está trazendo pra gente aquele sonho materializado. Eu acredito muito que a essência do projeto foi atingida, e a partir desse momento, novas qualificações poderão surgir... e fazer com que a arte marajoara continue com aquela preservação com a qual os nossos índios sonhavam”. 

 

Sarah Magno contou ao Tapajós de Fato sobre como se sentiu com a realização do projeto: “foi uma grande realização para mim como estilista, e ao mesmo tempo, como ser humano. Enxergar sorrisos, acenos e risos nas meninas especiais vestindo algo planejado e confeccionado com muito carinho, cuidado e labor para elas, não tem valor. Conseguimos transmitir essa energia de amor e acolhimento para todos ali presentes, certeza disso. Foram lágrimas de felicidade, palmas em libras, e sorrisos exibidos não só pelas nossas modelos... sendo assim, digo que foi um grande sucesso e celebração para a moda inclusiva no Marajó e para as pessoas com deficiência. Foi um privilégio aprender com elas”.

 

As peças do projeto Moda Marajoara foram produzidas por bordadeiras da APADS, fazendo um resgate do grafismo ancestral da região. Kelly Cordeiro, de 37 anos, que é tetraplégica, e desfilou com essas peças, falou sobre a sensação de ter participado desse momento: “eu amei tudo... pra mim foi um sonho realizado. Sempre tive vontade de fazer fotos e desfilar como cadeirante, e vocês realizaram esse sonho. Nunca me senti tão feliz como nos três dias que me proporcionaram”. Em breve, será criada uma loja física e virtual onde as peças adaptadas ficarão disponíveis. 

 

Acesse as redes sociais do Tapajós de Fato: FacebookInstagram e Twitter.

 Acesse ainda o Podcast Tapajós de Fato

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.