Quinta, 02 de Dezembro de 2021 01:22
093991489267
Cidades Merenda vencida

Escola do município de Juruti estava com alimentação escolar vencida desde agosto

O problema foi denunciado pelo Vereador Francinei Andrade, segundo a direção da escola, setor de merenda escolar havia sido acionado para que recolhessem.

16/10/2021 14h57 Atualizada há 2 meses
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Escola do município de Juruti estava com alimentação escolar vencida desde agosto

Em visita  às escolas municipais da zona rural de Juruti, na Vila Marapinima, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Juruti, Francinei Andrade (PT), constatou que produtos da merenda escolar  estavam vencidos.

 

Cerca de dez pacotes de picadinho estavam armazenados dentro de um freezer na escola Escola Municipal Lígia Meireles da Cunha. Em um vídeo feito pelo próprio vereador ele conta que “neste dia 15 de outubro, Dia do professor, estive visitando as escolas e aqui no Lígia Meireles identificamos que desde a primeira remessa, ainda tem uma quantidade significativa dos kits da merenda escolar, vencidos desde o mês de agosto”. 

 

Segundo informações da direção da escola, a primeira remessa de merenda escolar foi entregue no mês de maio e o setor de merenda escolar foi acionado para que recolhessem os kits da merenda que haviam sobrado na escola Lígia Meireles.

 

Francinei Andrade reforça a importância de “fiscalizar para que não haja mais prejuízos na distribuição dos recursos públicos. É nosso dinheiro, é de todos que pagam os impostos”.

 

Ao Tapajós de Fato, o vereador informou que vai enviar relatório aos órgãos competentes, “conselho de educação, secretaria de educação, comissão de educação da Câmara de vereadores” e cobrar para que não ocorra mais esse problema com a merenda escolar do município de Juruti

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.