Quinta, 02 de Dezembro de 2021 01:28
093991489267
Notícias Território

Encontro com lideranças do PAE Lago Grande debate a defesa do território e o combate a venda de terras na região

O encontro serve como preparação para o início da campanha permanente “Não abra mão da sua terra”.

08/11/2021 15h29
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Tapajós de Fato
Tapajós de Fato

Aconteceu nos dias 5 e 6 de novembro na sede das Associações de Moradores e Comunidades do Assentamento Agroextrativista da Gleba Lago Grande (Feagle), um encontro com lideranças do PAE Lago Grande para debater sobre pautas relacionadas à defesa do território.

O encontro é uma iniciativa do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Santarém (STTR), em parceria com a Feagle, e tem como objetivo fortalecer e articular a base no PAE, que engloba as regiões do Arapixuna, Arapiuns e Lago Grande.

Esse já é o sexto e último encontro do projeto, que visa preparar os comunitários e comunidades para a campanha permanente “Não abra mão da sua terra”, que foi criada em 2017 com o objetivo de conscientizar os agricultores e agricultoras a não abrirem mão do seu pedaço de terra.

 

Para o vice-presidente do STTR, Edilson Figueira, a atuação do sindicato tem papel político fundamental na articulação do trabalho de base. “Os nossos produtores rurais não podem de maneira nenhuma serem desafiados na defesa do território, precisamos estar juntos para somar e defender nossa terra, porque daqui nós tiramos nossa produção, e também garantimos o nosso território para as futuras gerações”.

Debates sobre pautas que envolvem informações a respeito da venda de terras são de fundamental importância para a população do PAE Lago Grande, pois a região é cercada de conflitos que envolvem aliciamento de comunitários para que vendam suas terras, assim abrindo espaço para pessoas de fora da região que possuem interesses exploratórios ilegais para o lugar. 

Como bem reforça, Marluce Pereira dos Santos, presidente da Associação da comunidade de Murui. “Nosso território está sendo explorado pelos madeireiros, e sendo ameaçado pela entrada de mineração, e esse encontro serve para nos fortalecer e deixar mais seguros na defesa do que é nosso. E também a convocar nosso povo para estar junto nessa luta contra essas pessoas que querem invadir nossas terras”.

 

Para a presidente da Feagle, Rosenilce dos Santos, encontros como esse são uma ferramenta de luta que conscientiza a população sobre a importância da defesa do território. “Esses debates não são por um acaso, pois diante das ameaças nós temos que nos manifestar e fazer algo como resistência pela vida das pessoas que residem nesse imenso território”.

 

Acesse as redes sociais do Tapajós de Fato: FacebookInstagram e Twitter.

  Acesse ainda o Podcast Tapajós de Fato

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.