Quinta, 02 de Dezembro de 2021 01:04
093991489267
Gênero e Sexualidade Novas pautas

FASE Amazônia promove formações com homens e mulheres do PAE Lago Grande

Programas de formação tratavam sobre saúde do homem e Empoderamento feminino.

20/11/2021 12h24
Por: Tapajós de Fato
FASE Amazônia promove formações com homens e mulheres do PAE Lago Grande

Nos dias 15, 16 e 17 de novembro, foram realizados o 2° módulo do Programa de Formação Novas Masculinidades e o 2° módulo do Programa de Formação de Mulheres e Agroecologia, promovidos pela FASE Amazônia. Os encontros reuniram homens e mulheres moradores de 12 comunidades do PAE Lago Grande, para discutir temas como a saúde masculina e o empoderamento feminino naquele território.

 

Programa de Formação Novas Masculinidades

 

O 1° módulo do Programa de Formação voltado aos homens do PAE Lago Grande ocorreu em setembro e abordou as novas masculinidades a partir da saúde do homem – essa foi a maneira encontrada pelos educadores populares da Fase de tratar temas como machismo e violência doméstica. 

 

Este 2° módulo, que reuniu novos participantes, além daqueles que estiveram no encontro anterior, foram discutidos, entre outras questões, a campanha Novembro Azul, voltada para a saúde do homem, e o papel do homem na sociedade, através de 3 pilares: o corpo, a casa e a comunidade. O intuito de fazer esse caminho, segundo o educador popular Yuri Rodrigues, é “sair do individual, de se entender, e ir pra esse aspecto coletivo também, desse entendimento enquanto comunidade”.

 

Além desses temas, a Agroecologia foi abordada com os comunitários, para fazê-los refletir, além da produção, sobre as relações necessárias para o bom trabalho no meio rural. Esse contexto, inclusive, foi um desafio para o educador Rud Rafael, da Fase Pernambuco, mas ele afirma que os resultados foram positivos: “a gente até considerou a possibilidade de haver alguma resistência a alguns temas, mas houve uma abertura completa”.

 

Ao final do módulo, grupos de Whatsapp foram criados para contato entre os educadores e os participantes da formação, que se propuseram a organizar atividades como palestras dentro do PAE. 

 

Programa de Formação de Mulheres e Agroecologia

 

A Fase atua em 4 eixos temáticos principais, entre os quais estão os Direitos das Mulheres. Nesse sentido, ocorrem formações voltadas à valorização e ao empoderamento feminino, oferecendo alternativas para que elas ganhem espaço dentro da sociedade.

 

O 1° módulo deste Programa de Formação abordou o autoconhecimento enquanto mulher e as diversas violências sofridas pelo público feminino no dia a dia: violência sexual, psicológica, obstétrica, entre outras. 

 

Neste 2° módulo, foi trabalhada a relação entre o território e o corpo da mulher, pois relaciona-se o território como “espaço que gera vida, porque a gente produz, a gente trabalha a terra, o solo, e esse solo produz alimento pra gente, e a gente relaciona isso com o nosso corpo porque nós também geramos vida”, explica a educadora popular da Fase Suelany da Silva. Assim, um dos aspectos trabalhados no encontro foi a resistência, já que o território do PAE Lago Grande é constantemente ameaçado.

 

Marlene Sarmento, comunitária e presidenta da Associação de Moradores de Cabeceira do Ouro, falou sobre a experiência de participar desse Programa de Formação. Segundo ela, “a importância de participar é aprender mais a se desenvolver e, como mulher, ter mais espaço na sociedade e também nos espaços públicos”. 

 

Segundo a educadora Suelany, as mulheres do PAE têm sido bastante receptivas e motivadas para esse processo de formação, já que deixam suas casas e famílias para ir aos encontros, e ficam felizes ao entender seu papel dentro do território.

 

Em 2022, serão realizados os dois últimos módulos do Programa de Formação Novas Masculinidades e do Programa de Formação de Mulheres e Agroecologia.

 

Temos um PodCast sobre o tema, ouça agora.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.