Quinta, 02 de Dezembro de 2021 01:10
093991489267
Saúde Covid-19

Novo aumento no número de casos de Covid-19, em Santarém, faz festas de Reveillon e carnaval serem canceladas

Aulas em escolas no município também foram suspensas.

23/11/2021 17h48
Por: Tapajós de Fato
Novo aumento no número de casos de Covid-19, em Santarém, faz festas de Reveillon e carnaval serem canceladas

Devido ao aumento no número de notificações de casos positivos de Covid-19 no município de Santarém, o prefeito Nélio Aguiar (DEM),  publicou um vídeo em uma rede social para informar que as festas de fim de ano e o carnaval estão cancelados.

Segundo dados do último boletim epidemiológico da última segunda-feira (22), Santarém tinha registrado 22.877 casos positivos de Covid-19 e 1.127 mortes. Nas últimas 24 horas foram acrescentados aos dados gerais mais 57 novos casos positivos.

Nélio Aguiar disse que ainda não é seguro realizar eventos culturais em praças ou qualquer espaço. “Mediante a esta situação nós tomamos essa decisão em função da imprevisibilidade e da insegurança que a gente tem em relação ao coronavírus, em relação à pandemia", disse o chefe do executivo de Santarém.

O prefeito informou que as  festas particulares estão liberadas, desde que respeitem as medidas de segurança e os decretos vigentes no município. 

 

O impacto na educação pública

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. Antonio de Sousa Pedroso (Escola Indígena Borari), em Alter do Chão, suspendeu todas as atividades presenciais devido ao aumento de sintomas gripais e casos positivos de Covid-19 entre a comunidade escolar. A direção da escola informou que todos os professores já receberam as duas doses da vacina contra a Covid (alguns até a terceira) e mesmo assim ainda estão sendo acometidos pela doença e quatro funcionários estão em monitoramento.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que as atividades presenciais da escola permanecem suspensas até o dia 03 de dezembro, que é quando voltam para finalizar as atividades letivas.

A Semed disse em nota que está trabalhando para “garantir e zelar pela saúde de alunos e servidores, por isso, disponibiliza aos gestores municipais um protocolo de segurança com orientações de como proceder nesses casos. Ressalta-se que todos os profissionais da educação já foram vacinados com a 1 e a 2 dose”.

A Semed ressalta também sobre o plano de imunização contra Covid-19 da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que está na faixa etária de 12 anos ou mais, onde  concentra grande parte do número de alunos da rede pública municipal.

A preocupação em relação ao crescimento no número de casos de Covid não é apenas no município de Santarém, Óbidos, que também faz parte da região do Baixo Amazonas, adotou algumas medidas de restrição para frear  o aumento de casos por lá.

Para vencermos a Covid-19 é necessário o esforço de todos, evitando aglomerações, fazendo o uso de máscara e higienizando as mãos com água e sabão ou álcool em gel.

 

Acesse as redes sociais do Tapajós de Fato: FacebookInstagram e Twitter.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.