Sábado, 22 de Janeiro de 2022
Notícias Teimosia

Prefeito insiste em construir Camelódromo sobre sítio arqueológico, em Santarém

Em contraponto, Ministério Público , UFOPA e IGHTap discutem meios para preservar a praça Rodrigues dos Santos, que faz parte do contexto histórico, cultural e arqueológico de Santarém.

11/01/2022 às 15h34 Atualizada em 11/01/2022 às 15h39
Por: Tapajós de Fato Fonte: MPPA
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após decisão judicial, o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar (DEM) falou que vai recorrer  para que o Camelódromo seja construído na praça Rodrigues dos Santos. O prefeito fez esta afirmação enquanto participava de uma reunião com os vendedores ambulantes da praça da Matriz, no centro da cidade de Santarém, na manhã desta terça-feira, 11 de janeiro.

Segundo informações, a prefeitura deve cumprir a decisão da justiça nesse primeiro momento, no entanto, a Procuradoria do Município está produzindo recurso  para que a obra seja liberada. o prefeito disse ainda que "A obra não irá desconfigurar a praça e o seu bem histórico-cultural para a cidade, ela utilizará apenas 11% do espaço da praça e posteriormente será revitalizada, mantendo-se assim preservada, passando a ter uma importância social e econômica para a cidade e seus trabalhadores”.

 

MPPA, UFOPA e IHGTap

A 13ª Promotoria de Justiça reuniu na manhã desta terça-feira (11/01), com representantes da Universidade Federal Oeste do Pará (Ufopa) e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós (IHGTap) para tratar de questões relacionadas ao procedimento e Ação Civil Pública que gerou decisão de suspensão das obras do camelódromo da praça Rodrigues dos Santos.

A presidente do IHGTap, Terezinha Amorim, informou que o instituto está à disposição para contribuir com o debate em relação ao projeto e a praça. Outros membros também estavam presentes e deram suas contribuições sobre o tema.

Os professores da Ufopa destacaram a questão arqueológica no local. O professor Florêncio Vaz sugeriu um esforço de escuta e sensibilização da sociedade, para que as informações sejam repassadas corretamente aos públicos interessados. Os professores enfatizaram que Santarém é uma cidade de grande importância histórica, e não somente esse, como outros locais, devem ser preservados em respeito à memória de povos indígenas e de matriz africana.

A promotora de Justiça, Lilian Braga, que recebeu a denúncia feita pelo IHGTap sobre a destruição da praça Rodrigues dos Santos,  destacou que é importante entrar em entendimento e buscar todas as informações que possam subsidiar a atuação da promotoria.

*Com informações da assessoria de comunicação do MPPA*

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.