Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Política Eleições 2022

Encontro do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Pará decide que Beto Faro será o candidato da sigla ao Senado

A atividade aconteceu na sede do sindicato dos urbanitários, em Belém.

14/01/2022 às 13h28 Atualizada em 14/01/2022 às 13h36
Por: Tapajós de Fato
Compartilhe:
Encontro do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores do Pará decide que Beto Faro será o candidato da sigla ao Senado

Filiado ao partido dos trabalhadores de de o ano de 1987, Beto Faro já presidiu o STTR  do município de Bujaru, presidiu também a  Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri-PA) e a Central Única dos Trabalhadores do Pará (CULT-Pará).

no 

Em 2006 foi eleito deputado federal, já foi líder do partido na Câmara dos Deputados, em 2010 foi o candidato mais votado entre os candidatos do PT de todo o estado do Pará, alcançando a reeleição com 169.504 votos, em 2015 assumiu novamente o mandato de Deputado Federal. 

 Em 2004 foi preso pela Polícia Federal, na operação Faroeste, o nome da operação é a junção do sobrenome “Faro+oeste”, que é a região do estado do Pará onde estava acontecendo os supostos crimes em que Beto Faro é investigado. Segundo a PF, Beto Faro estava envolvido em um esquema de grilagem de terras quando era superintendente do Incra. As investigações apontaram que Faro autorizou, de forma ilegal, a regularização fundiária de 500 mil hectares em Santarém, Prainha, Trairão, Oriximiná e Placas. As terras eram da  União e esta decisão beneficiou madeireiros e produtores de soja.

 Segundo informações de quem acompanhou os bastidores das negociações entre o campo majoritário do PT, o clima foi tenso.

O PT deliberou ainda apoio à candidatura do atual Governador do Pará, Helder Barbalho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.