Quinta, 26 de Maio de 2022
Notícias União

ACOSPER realiza Assembleia de prestação de contas e escolha de nova diretoria

A cooperativa vem realizando diálogos com empresas internacionais para comercialização dos produtos extraídos de forma sustentável na floresta.

07/03/2022 às 14h46
Por: Tapajós de Fato Fonte: Tapajós de Fato
Compartilhe:
Cooperados na Assembleia realizada no auditório do STTR de Santarém. Foto: Tapajós de Fato
Cooperados na Assembleia realizada no auditório do STTR de Santarém. Foto: Tapajós de Fato

Na manhã desta segunda-feira (07), a Cooperativa Agroextrativista do Oeste do Pará (ACOSPER) realiza Assembleia Geral Ordinária para prestação de contas e renovação da diretoria. O encontro ocorre no auditório do STTR de Santarém.

 

O Tapajós de Fato ouviu Marilene Rodrigues Rocha, então tesoureira da ACOSPER, ela conta que a cooperativa conta com cerca de 144 trabalhadores agroextrativistas e “número já foi muito menor, mas que hoje, na assembleia, mais pessoas devem se associar a cooperativa e o número deve chegar a quase 200 cooperados”, disse Marilene Rodrigues.

 

O presidente da cooperativa, Manoel Edivaldo Leite, conta que a organização passa por um momento de reestruturação, “revitalizada com um objetivo  mais amplo, do ponto de vista da cadeia produtiva”. Segundo o presidente, anteriormente, a cooperativa trabalhava com a cadeia da borracha, agora, além da borracha, está sendo trabalhado também os “óleos, mel de abelha sem ferrão, mandioca e derivados, e outras atividades, como da hortifruticultura”, disse Manoel Edivaldo. 

 

O objetivo da cooperativa é criar polos de produção nas diversas regiões de Santarém para facilitar a relação com os cooperados, desta forma, a produção e comercialização melhora. Manoel Edivaldo, conta ainda que antes havia muito incentivo a produção, no entanto, a comercialização era dificultosa, “ um grande gargalo”.

 

A ACOSPER tem feito parcerias  com diversos setores, governo municipal e estadual, uma delas é com o Projeto Saúde e Alegria, por onde está sendo possível contratar pessoas e consultoria para trabalhar juntamente com a cooperativa para atender melhor às demandas do mercado. As consultorias são importantes para a ampliação  da cooperativa no mercado regional, nacional e até mesmo internacional. A ACOSPER vem dialogando com empresas internacionais para uma possível venda de 10 toneladas de borracha produzida por cerca de 35 famílias agroextrativistas. Um projeto que deve ser ampliado nos próximos anos, onde a principal reivindicação é manter a floresta em pé.

Além da prestação de contas, ocorre  também a renovação da diretoria e as atividades planejadas para o ano de 2022.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.