Quinta, 26 de Maio de 2022
Notícias Chamada

2° Edição do edital IARA recebe inscrições de coletivos e organizações da Amazônia para programa de aceleração

O Programa de seis meses atuará no aporte financeiro, desenvolvimento de campanhas e fortalecimento institucional. As inscrições vão até 24 de abril.

06/04/2022 às 15h35 Atualizada em 06/04/2022 às 16h03
Por: Tapajós de Fato
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

Em sua 2° edição, a plataforma Inovação e Aceleração na Região Amazônica (IARA) está com edital aberto para coletivos e organizações dos estados do Pará, Amapá, Amazonas, Rondônia e Maranhão interessados em colocar a defesa da Amazônia no centro do debate eleitoral de 2022. Até 10 organizações serão selecionadas para uma jornada de seis meses de aceleração nos eixos de desenvolvimento de campanhas, fortalecimento institucional e aporte financeiro. As inscrições vão até o dia 24 de abril.

 

Nesta edição, o edital pretende apoiar grupos que têm impacto positivo em suas comunidades e que queiram influenciar as eleições deste ano, buscando angariar comprometimentos dos candidatos em relação à agenda socioambiental e engajar eleitores para que escolham seu voto com base na pauta de proteção da Amazônia e de seus cidadãos.

 

Ana Clara Toledo, coordenadora de estratégia do laboratório de clima da Purpose e uma das pessoas que está à frente da iniciativa, fala da importância de olhar para as eleições a partir de uma perspectiva amazônida. "As eleições de 2022 serão decisivas para as agendas de clima e de conservação da Amazônia. Neste sentido, a partir da IARA, temos a oportunidade de fortalecer as vozes e soluções locais e de colocar a defesa do território como uma das soluções para os desafios econômicos e sociais que o Brasil está enfrentando neste momento". 

 

Em sua primeira edição, a IARA apoiou 07 organizações e coletivos do estado do Pará que realizaram campanhas de mobilização para fortalecer suas comunidades de atuação e combater problemas históricos do território amazônico, conforme ressalta Marcos Wesley, coordenador do Tapajós de Fato (TdF), coletivo de comunicação popular da região do Baixo Tapajós no Pará e uma das iniciativas selecionadas: “A Aceleradora IARA, foi de extrema importância e necessidade para o TdF, foi a partir deste período de aprendizagem, que nós podemos rever algumas metodologias internas, e buscar melhorias para o nosso processo de amadurecimento institucional. A mentoria e a criação da campanha foram fundamentais para que a gente conseguisse compreender até onde conseguimos ir”.

 

 

Foto: Tapajós de Fato.

Durante o seu processo de aceleração, o Tapajós de Fato realizou a campanha “PAE Lago Grande - Território Livre de Mineração” de enfrentamento à mineração e contra a entrada de uma mineradora no território, em Santarém, no Oeste do Pará, buscando valorizar atividades que gerem renda sem prejudicar a natureza e as populações locais.

 

 

 

 

Para se inscrever no edital IARA, é necessário fazer parte de um coletivo, organização, associação, movimentos de base ou institutos de pequeno e médio porte que sejam sem fins lucrativos; atuar e ser baseado no Amazonas, Pará, Rondônia, Maranhão e/ou Amapá; ter sido fundado há no mínimo um ano e já ter realizado ao menos um projeto ou campanha de mobilização para criar melhores condições de vida para as populações e a natureza. Serão priorizados grupos compostos por jovens, mulheres, pessoas indígenas e de comunidades tradicionais e pessoas negras. O edital completo está disponível no site da aceleradora: http://www.iaraedital.com.br/.

 

A IARA faz parte do Laboratório de Clima da Purpose, uma organização global formada por um time de ativistas que cria soluções de impacto para acelerar a construção de um mundo mais aberto, justo e habitável. Com o propósito de fomentar o desenvolvimento de campanhas inovadoras e criativas, a ideia é estimular a experimentação de novas narrativas, estratégias e formatos, criando novos caminhos para promover as mudanças necessárias na agenda de justiça climática e proteção ambiental.

 

A Aceleração

O programa de aceleração ocorrerá de junho a novembro, por meio de 11 oficinas online e um encontro presencial, nos quais serão compartilhados metodologias e experiências de desenvolvimento institucional e construção de campanhas. Além disso, cada iniciativa contará com uma mentora de gestão e uma mentora de campanhas, que darão apoio personalizado aos grupos, provendo direcionamentos estratégicos para seu desenvolvimento. Em cada fase da aceleração, as iniciativas poderão acessar consultores especializados em diferentes áreas de conhecimento, para que possam desenvolver habilidades e suprir gargalos onde mais importa para cada uma.

 

Cartaz da Segunda Edição do edital IARA.

 

A Purpose 

A Purpose trabalha desenvolvendo campanhas e estratégias de mobilização pública e criando novas narrativas para mobilizar audiências estratégicas por causas globais a partir de uma perspectiva local. Além disso, faz parceria com ativistas, organizações sociais, empresas e entidades filantrópicas pioneiras no Brasil e ao redor do mundo. Os escritórios da Purpose estão em seis regiões chave: São Paulo, Nova York, Londres, Nairóbi, Sidney e Nova Delhi. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.