Quinta, 26 de Maio de 2022
Cultura Festival

Festival dos Rios lança a programação do evento que celebra a cultura ribeirinha da Amazônia

Com artistas amazônidas de peso, edição 2022 agrega artistas jovens a tradicionais, com feira de produtos de bioeconomia e fórum de debates.

09/05/2022 às 13h54 Atualizada em 13/05/2022 às 13h48
Por: Tapajós de Fato Fonte: ASCOM Festival dos Rios
Compartilhe:
ASCOM Festival dos Rios
ASCOM Festival dos Rios

Depois de anunciar Dona Onete, estrela maior da música paraense, David Assayag, a voz da Amazônia e levantador de toadas do Boi Garantido do Festival de Parintins, e o Amazon Beach e seu brega pop dançante, o Festival dos Rios lança a programação multicultural da edição 2022 nesta segunda-feira (09/05). O evento é patrocinado pela Natura e acontecerá de forma presencial de 09 a 12 de junho, no distrito de Alter do Chão, em Santarém (PA).

Na programação terá muita música, feira com diversos produtos de bioeconomia da região e um fórum de debates que vai discutir o papel da cultura ribeirinha como fortalecimento do território. O tema deste ano será “Salve o nosso Tapajós”, rio que banha Santarém e está ameaçado pela atividade garimpeira e pelo desmatamento.

A abertura do evento acontece na tradicional Quinta do Mestre e a Sereia, no Centro de Referência do Carimbó de Alter do Chão, na orla da vila, com a apresentação de As Karuanas e do Coletivo de Mestres de Carimbó. Na sexta-feira, durante o dia, a Toca do Tatu recebe o Regatão Cultural, uma programação multicultural com feira de produtos da sociobiodiversidade, como óleos, artesanatos, pimentas, farinha, tapioca, etc. Na Roda de Saberes: Crise climática e cultura: impactos na floresta, jovens debatem sobre como as manifestações culturais populares da Amazônia dialogam com a crise climática.

Haverá ainda uma Oficina de dança de Carimbó com Gilvana Borari. E à noite, Vivência cultural: Histórias de Encantaria com Juci Borari e Luciene Sardinha, destacando a relação de proteção e respeito aos Encantados que habitam os rios, igarapés e lagos no território de Alter do Chão. A partir de 21h, no Lanche da dona Glória, o Chorinho Amigos do Zé faz o aquecimento e no Espaço Alter, três nomes regionais animam o público na sequência: o cantor e compositor Rawi, a banda El Puxirum e a DJ Pedrita.

No sábado, a programação retorna à Toca do Tatu com o Regatão Cultural na Roda de Saberes: Mulheres pelo Tapajós: entre o rio e a floresta. No almoço, a celebração da cultura alimentar com uma Piracema no Restaurante Tribal. Ainda terá, uma Vivência com Mestre Chico Malta (Carimbóterapia para o público infantil) e no Galpão dos Botos, a partir das 20h, o show inicia com um Manifesto pelo Rio Tapajós, seguido da apresentação das Suraras do Tapajós. Na sequência os artistas convidados: David Assayag, Dona Onete e Amazon Beach, com a participação especial de Priscila Castro.

E na madrugada, DJ Zek Picoteiro não deixará ninguém parado! No domingo, encerrando o final de semana de Festival dos Rios, a Toca do Tatu recebe o Regatão Cultural durante o dia e partir das 18h se transforma no palco dos show do Grupo Espanta Cão e do cantor Dan Selassie, com a participação de Marcos Tapajós.

A programação é gratuita, somente no dia 11 de junho terá ingressos que estão à venda na plataforma www.sympla.com.br/festivaldosrios e nos pontos físicos: Chilli Beans, Salvador Sports, Sim Sim Brechó, Mini Center Mingote, Bar da Beth e TY Comedoria & Bar.

Celebração à cultura ribeirinha da Amazônia

“O rio Tapajós é de extrema importância para milhares de ribeirinhos, que dele tiram seu sustento e seu modo de vida. Queremos passar o recado que salvar o Tapajós é garantir não apenas a sobrevivência, mas o bem-viver de diversas comunidades que convivem em harmonia desde sempre com o rio”, diz Marlena Soares, idealizadora do Festival dos Rios.

O FESTIVAL DOS RIOS tem patrocínio da Natura, por meio da lei estadual de incentivo à cultura do Pará (Semear). Há mais de 20 anos a Natura mantém um compromisso com a Amazônia, desenvolvendo negócios e produtos que promovam a economia da floresta em pé, além de fomentar iniciativas de valorização da cultura, da ciência e do conhecimento que integra pessoas, florestas e cidades de forma sustentável.

“Há mais de 20 anos a Natura promove ações de impacto positivo na região, que promovem inclusão, valorização da diversidade e sustentabilidade. Esse projeto renova nosso compromisso com a Amazônia e é um marco simbólico do quanto consideramos a amplificação da sua cultura como fundamental para o futuro do planeta”, afirma Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.